Falta muito para a tecnologia 5g chegar ao Brasil? Saiba mais!

A expectativa é real, ela existe e nós estamos cada dia mais próximos de vê-la se tornando realidade. Nós, e todo mercado de smartphones aguardamos pela chegada da internet 5G no Brasil.

Os desenvolvimentos técnicos e tecnológicos necessários para a chegada das tão esperadas redes 5G já estão prontos. Porém, não no Brasil. Por aqui, esse ainda é um sonho relativamente distante.

Países super desenvolvidos tecnologicamente, como a Coreia do Sul e os Estados unidos, já estão operando suas primeiras redes 5G. Funcionando como uma evolução da tecnologia 4G e suas variações, com o 5G poderemos ter até 100 vezes mais velocidade de download!

Além disso, também esperamos ter um suporte de banda muito superior, a ponto de permitir que os usuários consigam navegar na mesma faixa territorial sem problemas, além de contarmos também com uma taxa de latência bastante reduzida.

Mas, se no exterior a tecnologia 5G já é uma realidade, por outro lado, em nosso país ainda vemos os trâmites caminhando lentamente. Pode ser que consigamos aproveitar esse avanço apenas em meados de 2022.

Quer saber mais sobre isso? Continue a leitura deste post!

A chegada do 5G no Brasil: liberação das faixas de frequência

A ANATEL (Agência Nacional de Telecomunicações) finalmente aprovou uma das propostas do Edital de Licitação que regulamenta a liberação das faixas de frequências necessárias para a implantação do 5G no Brasil.

Esse foi o primeiro passo para a iniciação dos detalhes técnicos importantes para a implementação dessa tecnologia. Ficou definido que, aqui no Brasil, o 5G irá operar nas seguintes faixas de frequência: 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz.

De acordo com a própria Anatel, a licitação foi aprovada com base em elementos consistentes em ambas as propostas apresentadas anteriormente. Assim, buscou-se atender às maiores necessidades do mercado.

Entre tantas expectativas para o desenvolvimento dessa tecnologia, está o fato de que os smartphones compatíveis poderiam chegar até os 20 Gbps, o que corresponde a uma velocidade aproximada à banda larga brasileira.

Se as faixas de frequência estão definidas, o que falta? 

Com as faixas definidas, tecnicamente, bastaria que fosse aberto um edital para o leilão das redes. A partir desse momento, as operadoras teriam determinado prazo para estabelecer uma infraestrutura e começar a iniciar seus planos de comercialização para o produto. 

Porém, uma das frequências direcionadas para o 5G acaba interferindo no funcionamento de antenas parabólicas de TV no Brasil. Por causa disso, segundo o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, esse leilão acabará acontecendo apenas em 2022. 

Mesmo os mais otimistas não acreditam que a quinta geração dessa tecnologia seja implantada no Brasil antes do fim dos dois próximos anos. A frequência de 3,5 GHz é a que apresenta mais problemas, mas é usada em grande parte dos países. 

Como as operadoras estão reagindo aos atrasos? 

De acordo com a Ericsson, os prejuízos gerados pelo atraso na implantação do 5G pode chegar a 25 bilhões. Afinal, quanto mais essas inovações demoram a serem lançadas, menos costumam vender e menos receita arrecadam. 

No entanto, não é possível afirmar que a interferência do 5G nas antenas parabólicas seja o único motivo pelo atraso desse projeto. Mesmo tendo sido determinando, uma soma de fatores causaram os problemas. 

Por exemplo, foram solicitadas alterações no edital de licitação. Essas mudanças demandaram novas análises técnicas de diversos setores envolvidos. Assim, ainda é necessário que o edital final passe por uma consulta pública entre outras verificações.

Nesse cenário instável, operadoras como a TIM e a Claro já estão se movimentando a fim de se posicionarem no mercado. A TIM instalou uma antena 5G em Santa Catarina e a Claro já declarou ter planos estratégicos para localidades específicas. 

Seu smartphone está apto para receber a tecnologia 5g?

Já que estamos pensando a longo prazo, vale a pena fazer essa consideração. Como sabemos, o 5G promete uma facilidade e conectividade muito maior. Mas, será que o seu celular pode se adaptar ao 5G

Na verdade, não. Ainda não existem modelos disponíveis no mercado brasileiro – e pouquíssimos ao redor do mundo – para essa tecnologia. Nos próximos anos, provavelmente, teremos uma enxurrada de aparelhos com essa especificação. 

E se você não tiver um aparelho compatível? Nesse caso, seu celular continuaria recebendo apenas o sinal 4G, mesmo quando o 5G estivesse ativo e operante. 

Enquanto não podemos aproveitar essa tecnologia, seguimos aplicando nossos conhecimentos para utilizar nossa rede móvel e fixá-la da melhor maneira possível. Quer saber mais sobre isso? Leia nosso post: Aumente seu alcance wireless com o Access Point Wi-Fi!

E então, esse conteúdo foi útil? Esperamos que você tenha entendido melhor todo esse longo processo que estamos enfrentando para, finalmente, podermos receber a internet 5g no Brasil

Gosta de assuntos voltados à tecnologia, inovações e comunicação? Continue acompanhando nosso blog e receba informações semanais sobre o mundo das redes!

Nos vemos no próximo post! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *