Teste sua internet: aprenda a usar o ping!

Se você é uma pessoa imersa no mundo gamer ou se gosta de plataformas de streaming, já deve ter ouvido falar sobre o ping. Volta e meia ouvimos alguém reclamar que se deu mal na partida porque o ping atrapalhou, não é mesmo?

Mas, além de ser usado como uma clara desculpa entre maus perdedores, o ping tem um papel fundamental para qualquer usuário da internet. Como todos estamos sempre conectados, entender o que é o ping, como ele funciona e como pode interferir na conexão da internet é muito importante!

Mesmo sendo uma ferramenta importante e já sendo conhecida por muita gente, ainda é comum encontramos aquelas que nunca ouviram sequer falar sobre o assunto. Pensando nisso, a ConectWi preparou esse post para te explicar, em detalhes, o funcionamento deste comando.

Mas, afinal, o que é ping?

O Packet Internet Network Groper, popularmente conhecido apenas como ping, pode ter seu nome traduzido como Localizador de Pacotes na Rede de Internet, em português. Esse é um comando disponível na grande maioria dos sistemas operacionais.

O funcionamento do ping, simplificadamente, é assim: ele envia um pequeno pacote de dados para as máquinas conectadas a determinada rede e, então, calcula o tempo que elas demorar para receber esse pacote e respondê-lo.

Além de calcular simplesmente os resultados de velocidade, esse comando ainda nos permite ter acesso a informações sobre a qualidade da transmissão dos dados, especialmente no que diz respeito à latência.

O resultado dessa avaliação é enviado em uma unidade de tempo. Comumente ela tem alguns milissegundos. A ideia aqui, se refere ao tempo calculado entre o envio do conjunto de dados e o recebimento da resposta.

Ou seja, quanto mais alto for o valor do ping, mais difícil a sincronização de informações em tempo real e mais lenta será a transmissão de dados naquela rede. Muitas vezes, o ping mostra exatamente o motivo pelo qual sua conexão está lenta, por exemplo.

Por isso, ao utilizar esse comando, você consegue avaliar como anda a conexão de rede da sua máquina com outros dispositivos, como impressoras, fax e outras máquinas, por exemplo. Além disso, também pode avaliar a conexão com servidores de internet, tempo de resposta com determinados sites.

Verificar a conectividade de todos os equipamentos e suas respectivas capacidades responsivas, bem como entender a real velocidade da transmissão dos dados na internet é super importante para melhorar o desempenho da internet.

Como realizar o teste do ping?

É verdade que esse recurso é bem mais utilizado por pessoas que têm um conhecimento técnico maior ou que são administradores de redes especializados. No entanto, não é necessário ser um expert para realizar um teste de ping.

Esse processo pode ser realizado por meio do Prompt de Comando do Windows ou, no caso do sistema operacional do OS X e Linux, no Terminal de Comandos. Vejamos portanto, como realizar a operação.

Encontre o Prompt de Comando ou Terminal

Em computadores com o Windows, você irá seguir os seguintes passos: abra o menu iniciar, digite o comando “cmd” no campo de buscas. Ele abrirá uma janela diferenciada, com alguns códigos.

No MAC, você irá abrir a pasta de aplicativos, depois a pasta “utilitários” e em, seguida, irá selecionar o terminal. Já no Linux, será preciso utilizar o atalho Crtl + Alt + T. Em qualquer um desses sistemas, você estará acessando uma janela escura que te permitirá acessar o ping.

Ativando o PING

Após abrir a janela, o teste poderá ser iniciado. Para isso, basta digitar a palavra “ping” e logo em seguida colocar algum URL ativo, de algum site confiável, cuja a conexão possa ser testada. Ou, algum endereço IP de um outro PC da sua rede.

Observando os dados recebidos

Quase de forma automática, várias informações relacionadas à qualidade da sua conexão começarão a ser exibidas em sua tela. Normalmente, de forma sucessiva, o sistema envia quatro blocos de informações para medir os resultados.

Após isso acontecer, irá surgir a análise e os resultados que indicarão a qualidade da sua conexão. Os 32 bytes enviados aparecem acompanhados do período exato entre o envio do pacote e o recebimento da resposta. Ao finalizar a análise, as estatísticas gerais do teste irão ser exibidas.

Pronto! Viu como utilizar o ping é super simples e rápido? Entretanto, muitas vezes a resposta que recebemos não corresponde àquela que desejávamos. Nesses casos, devemos tomar as medidas corretas para melhorar a nossa conexão com a internet.

Investir em um roteador de boa qualidade pode ser uma alternativa, já que, por muitas vezes, a falta de um equipamento de alto padrão é o que ocasiona o problema.

E aí, gostou do post? Esperamos que ele tenha sido útil para te ajudar a utilizar o ping. Aqui no blog da ConectWi estamos sempre trazendo novidades, dicas e tutoriais para você, portanto, nos acompanhe por aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *