Quadros de Distribuição e Racks

Quadros de distribuição e racks, cuidando de sua estrutura

O maior instrumento de trabalho de qualquer provedor, servidores e redes são seus equipamentos de distribuição. Quadros de distribuição, racks e caixas herméticas têm o papel fundamental de criar pontos de manipulação e manutenção física da rede com o menor esforço, recompensando no ganho de tempo, durabilidade e economia.

Proteger seus cabos e equipamentos é uma questão de primeira ordem! Neste post, você vai entender como os quadros de distribuição, racks e caixas herméticas podem contribuir com o seu negócio. Continue a leitura para conferir!

Quadros de distribuição, racks e caixas herméticas: como contribuem.

A organização é fundamental para qualquer modelo comercial, se com a mesa desorganizada já fica difícil trabalhar em frente ao computador, imagine o impacto da falta de organização em ambientes que lidam com vários terminais e dezenas de cliente.

Certamente os ambientes de TI estão entre os casos em que uma simples desorganização pode gerar um caos enorme. Um pequeno erro pode causar problemas de distribuição ou implicações críticas na rede.

O tópico de Redes Estruturadas é um assunto de interesse no ramo, pois entende a impossibilidade de se operar sem uma categorização virtual, física e conceitual do ambiente.

Proteger equipamentos sofisticados e caros pode te poupar de uma grande dor de cabeça. Em áreas internas, ainda é possível arrumar tudo no improviso, mas, em áreas externas, a proteção dos terminais é um caso de vida ou morte para servidores!

Cabos de cobre são relativamente sensíveis à poeira, à água e ao desgaste do calor e da luz, até os cabos de fibra óptica são suscetíveis a todos esses problemas.

E tem mais, não faria sentido algum uma equipe de técnicos passar o dia desenterrando cabos ou dependurados em postes, seria uma perda de tempo e recursos que poderiam ser aplicados no atendimento a novos clientes, por exemplo.

Para quem não entende do assunto, as caixas herméticas dos postes e paredes distribuídas por toda a cidade parecem invisíveis, mas são elas que favorecem a agilidade quando há qualquer tipo de implicação na rede, na energia ou em outros tipos de serviços.

Como fazer as melhores escolhas?

– Para ambientes internos, se está fazendo seu primeiro investimento, tenha em mente as possíveis expansões, 1 metro quadrado de aluguel está cada vez mais caro em qualquer cidade. A verticalização padrão dos racks facilita com que tudo se organize em um cômodo.

Adquira bandejas resistentes e invista em um bom sistema de ventilação, pois, apesar de tecnologias como a PoE serem ideais para alimentação de diversos aparelhos, elas causam um aquecimento de até 10% a mais nos cabos. E o superaquecimento de uma parte do equipamento pode afetar a vida útil dos demais que compartilham seu espaço. Aposte em racks que favoreçam a instalação desses sistemas de refrigeração.

Para manter seus cabos sempre organizados e firmes, uma guia de cabos é essencial para que você não precise ficar reorganizando constantemente seus arranjos. Marcar os cabos com borrachas de cores diferentes também ajuda a tornar tudo mais intuitivo.

– Em espaços externos, seu equipamento não está vulnerável apenas a fatores humanos de uma equipe, mas a qualquer tipo de situação ou acidente.

Os quadros de distribuição oferecem a comodidade de comportar todos os equipamentos de forma coordenada, podendo acumular mais de uma função, graças a padronização das estruturas de telefonia, internet e tv a cabo, concentrando o trabalho do técnico em um ponto- chave.

Mesmo que não seja possível instalar em um local muito estratégico, suas estruturas são relativamente efetivas contra furtos.

– As instalações de terminais de rede com caixas herméticas geram uma economia considerável com cabos coaxiais, perdendo menos performance por não depender da longa metragem do cabo. Mas, para o investimento durar, o rádio precisa estar muito bem protegido. E para isso, o design das caixas passa por uma vedação completa, evitando a entrada de água da chuva e poeira, pois mesmo na passagem dos cabos há uma vedação que deve ser rompida e não se deforma para além do diâmetro do cabo.

– Os distribuidores ópticos são uma das grandes soluções para FTTh, os CTOs dão um ganho médio de 4 horas por instalação para cliente, desde que a estrutura foi ampliada para servir não só para emendas como também a manutenção e ativação de sinais.

Com a dispensa de fusões de saída nos splitters, suporte para adaptadores e grommets para manipular atividades mais simples, o CTO garante maior proteção ao terminal, longevidade e economia de tempo e recursos.

Como é fácil perceber, manter a longevidade de suas instalações é a melhor forma de economizar recursos. Pequenas mudanças na organização do espaço, na localização e na acessibilidade podem significar muitas horas ganhas, possíveis de serem remanejadas para o atendimento de novos clientes.  Afinal, quanto menos tempo resolvendo problemas, mais tempo útil disponível.

No portal da ConectWi você encontra todos os equipamentos para proteger seus aparelhos e trabalhar com mais autonomia e praticidade. Confira nossas condições e assine nossa newsletter para receber conteúdos atualizados em primeira mão!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *