Novidade: entenda como funciona as lâmpadas Li-Fi

Que as redes Wi-Fi estão cada vez mais rápidas, todo mundo sabe. Mas você está sabendo da novidade que promete revolucionar o futuro da conexão sem fio?
Segundo alguns cientistas de todo o mundo, a luz terá um papel fundamental nas futuras redes de alta velocidade. Fala-se do Light Fidelity (ou Li-Fi), tecnologia que faz o envio e recebe dados através de lâmpadas LED. Parece ficção, não é? Mas é a mais pura realidade e em questão de pouco tempo ela poderá ser encontrada para aquisição.

Como a lâmpada Li-Fi funciona?

O conceito desta tecnologia é bem simplório. Uma lâmpada pode permanecer em dois estados: Acesa ou apagada, certo? O mesmo é válido para o bit, que pode somente assumir os valores de 0 e 1. Desta forma, a transmissão dos dados via lâmpada Li-Fi é feita apenas ligando e desligando o dispositivo elétrico.
A luz registrada por meio de um fotodetector será a responsável por transformá-la em dados. O procedimento é realizado de forma tão rápida que sequer é perceptível para o olho humano.
Mas calma. É importante esclarecer que a tecnologia Li-Fi não funciona com lâmpadas comuns, como as populares lâmpadas incandescentes ou fluorescentes, já que o processo faria com que elas queimassem nos primeiros segundos.

Os cientistas fazem uso de uma lâmpada baseada em LEDs e, assim que as lâmpadas das casas e corporações de todo o mundo adotarem esta lâmpada, o Light Fidelity se tornará disponível em praticamente qualquer local. Contudo, vale destacar que para a Internet funcionar, a luz deve estar acesa, mesmo que ela não esteja em seu estado máximo.
Contudo, ainda há muito que melhorar nesta tecnologia. Isso porque inicialmente, as luminárias apropriadas para o Li-Fi terão um custo maior, e com isso, os cientistas acreditam que o volume das vendas poderá acarretar na diminuição dos gastos da fabricação. Além do mais, a velocidade de transmissão do Li-Fi não é muito promissora, atingindo apenas a casa dos kilobits por segundo.

 

Seriam as lâmpadas Light Fidelity o futuro da internet sem fio?

A Philips Lighting, companhia de porte global é a pioneira na comercialização das lâmpadas com o recurso Li-Fi. A grande diferença deste tipo de conexão é que, diferente do Wireless Fidelity (o Wi-Fi) que faz uso de ondas de radiofrequência, o Li-Fi utiliza a luz para reproduzir o sinal. Assim, o sinal promete ser mais ágil e estável.
De acordo com a Philips, a velocidade pode chegar a aproximadamente 30 Mb/s sem prejudicar a iluminação, possibilitando o usuário fazer a transmissão de vídeos em HD, além da transferência de dados entre dispositivos.
Embora seja uma novidade, o Light Fidelity já apresenta conta com alguns benefícios relacionados ao popular Wi-Fi. Segundo a fabricante da lâmpada, este novo recurso é recomendado principalmente para locais onde há instrumentos que não devem aguentar intervenções de ondas de rádio, como as clínicas e hospitais, por exemplo.
Também se cogita o uso da tecnologia em ambientes subaquáticos e subterrâneos, onde não há o alcance do sinal wi-Fi.
Atualmente, a Li-Fi está passando por testes nos gabinetes de uma companhia na França que investe no ramo imobiliário.
Ansioso (a) para esta tecnologia chegar ao mercado?

ConectWi e a segurança eletrônica: conheça nossa linha Hikvision

Segurança eletrônica é assunto sério. Por isso é importante adquirir produtos de quem você sabe que pode confiar. A ConectWi […]

tecnologia Mikrotik

Entenda um pouco mais sobre a tecnologia Mikrotik

Atualmente, a MikroTik, internacionalmente conhecida, trabalha na construção de equipamentos hardwares e também em softwares para conectividade à Internet em […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *