Você Conhece a Tecnologia OLT GPON?  

tecnologia olt gpon

GPON é a sigla para Gigabit Passive Optical Network, que traduzido para a Língua Portuguesa, significa Rede Óptica passiva Gigabit.

Essa rede óptica é um poderoso suporte de tráfegos acima de 1 Gbps. Ou seja, atinge a velocidade de 1 Gigabit por segundo. A tecnologia denominada PON tem sido incluída nos serviços oferecidos para o acesso de banda larga e a tecnologia GPON é um dos padrões que faz parte das normas PON.

Normatizada pelo órgão ITU-T G.984, essa tecnologia deve estar dentro das normas referentes às especificidades para a tecnologia, como camada física, hardware, protocolo de comunicação entre Optical Line Terminal (OLT) e as Optical Network Unit (ONU).

 

A tecnologia GPON, portanto, se trata de um sistema que utiliza a tecnologia Optical Line Terminal (OLT), termo que traduzido para a Língua Portuguesa significa Terminal de Linha Óptica. Esse terminal é instalado em um site central da operadora e se comunica com os diversos Terminais de Rede Óptica (Optical Network Terminal – ONT). Eles são instalados nos diversos sites dos clientes. O usuário tem as opções de utilizar as Unidades de Rede Óptica (Optical Network Unit – ONU) para chegar até os sites dos clientes com outra tecnologia, por exemplo, o VDSL2. Cabe aqui ressaltar que esses dispositivos (ONU e VSDL2) são unidades eletrônicas que ainda necessitam de fontes de alimentação. Ao invés de utilizar sistemas eletrônicos na Rede de Distribuição Óptica (ODN), os usos desses divisores passivos possibilitam que vários usuários dividam a banda larga.

 

Desse modo, não existem unidades eletrônicas entre o site central da operadora e as instalações nos clientes. Isso possibilita efetuar a redução de custos tanto em investimentos em rede como em despesas operacionais. Isso por que os componentes passivos utilizados na rede não necessitam de fontes de alimentação para funcionar, além de serem mais baratos para a implantação e manutenção inicial da rede externa.

 

Isso diminui bastante a necessidade de espaço para racks de interfaces ópticas, assim como de quadros ópticos de distribuição nos bastidores do site central. Graças ao fato de que vários usuários compartilham parte da rede de distribuição.

 

O que é a tecnologia PON?

 

PON é a sigla para Passive Optical Network ou, na traduzido para a Língua Portuguesa, Rede Óptica Passiva. Isso significa que entre a OLT e a ONU ou entre o concentrador da rede e os clientes não existe nenhum elemento conectado a energia, por isso são chamadas de passivas.

 

Na tecnologia PON, a comunicação se faz na transmissão e recepção óptica do sinal de luz, apresentando diversas vantagens, como não existir riscos de queimar equipamentos. Não há problemas de instabilidade na rede de energia elétrica, já que não se utilizam a mesma. Outra vantagem de extrema importância é que o tráfego de luz também possibilita se comunicar em distâncias, sendo possível alcançar mais de 100 km sem necessidade de amplificadores dependendo do equipamento utilizado.

 

Qual a real capacidade de tráfego do GPON?

 

Na tecnologia GPON, a capacidade de tráfego é chamada de assimétrica por conta da taxa de dados no sentido downstream. Isso significa que a capacidade de download do provedor pode chegar á velocidade de 2.5 Gbps até o local do cliente, enquanto que a velocidade do upstream pode chegar apenas à metade, ou seja, até 1.25 Gbps. Por isso mesmo o seu trafego é denominado de assimétrico, diferente de outras tecnologias que usam fibra óptica.

 

A vantagem de possuir uma taxa assimétrica é a incrível velocidade no tráfego no sentido downstream, uma vez que as maiorias das atividades dos usuários são voltados para tal. O tempo todo, enviamos solicitações para acessar endereços na rede e, dessa forma, estamos sempre recebendo um tráfego muito maior de informações do que, geralmente, enviamos. Ou seja, a utilização da internet acontece majoritariamente no sentido downstream.

 

Se analisarmos a velocidade de upstream, chagando a velocidade de 1.25 Gbps, essa é uma velocidade considerada capaz de atender bem a demanda dos usuários.

 

A eficiência do protocolo na tecnologia GPON

 

Outra vantagem significativa na escolha da tecnologia GPON é a eficiência do protocolo, uma vez que essa tecnologia tem a capacidade de transmitir somente o que é realmente útil para o dispositivo. Todo protocolo precisa de informação de sincronismo, não existe uma comunicação sem ele.

 

Na tecnologia GPON, a taxa de eficiência nas transmissões de dados é de 92%, isso se deve a capacidade do protocolo prever o tamanho dos pacotes de dados, numa variável de 64 bytes até 1518 bytes. Isso facilita, consideravelmente, o processo de transmissão de pacotes de tamanhos reduzidos.

 

O que significa Split Ratio 1:64

 

O Split Ratio 1:64 é uma das características da tecnologia GPON. A razão da splitagem é baseada na quantidade de dispositivos que é possível conectar a uma porta PON. Em fibras da tecnologia GPON, a proporção é de 1 para 64, podendo chegar a conectar a 128 dispositivos, a depender da fabricante.

 

Ao definir a razão da divisão, antes é preciso atentar-se ao número de serviços que serão disponibilizados aos clientes, visto que quanto maior for o número desses serviços, maior deve ser banda larga a ser utilizada.

 

Dessa forma, podemos observar que a tecnologia GPON é superior. Ela oferece os melhores serviços em relação aos provedores de internet no mercado. Essa tecnologia é pensada para clientes que tenham uma grande demanda de usuários conectados à internet ou necessitem de alta velocidade em conexões, para trabalhar.

Investir em provedor de internet: o que fazer?

Quando falamos em provedores de internet a primeira coisa que vem a mente são as grandes empresas de telecomunicações. Porém, […]

Internet via Fibra Óptica

Internet via fibra óptica

Saiba como funciona a internet via fibra óptica.   Como certeza você já ouviu falar da internet de fibra óptica, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *